Cada caso é um caso

24 May
Depois de ler textos sobre literatura digital – alguns artigos e até uma tese de PhD – e discutir sobre o assunto com estudiosos do assunto e com meu orientador, ficou claro: me faltava um foco. Houve quem sugerisse que eu me fixasse em um estilo literário – talvez poesia ou prosa digital – de forma a buscar um alvo mais objetivo para que meu trabalho.No entanto, o meu interesse sempre foi mostrar as possibilidades e a abrangência da literatura digital – poesia, prosa, tudo tem seu espaço, desde a possibilidade de ampliar a abrangência dos textos até permitir que se façam poemas concretos.

Entendendo a minha ânsia e buscando um ponto de equilíbrio, Paulo Franchetti, meu orientador, me deu uma idéia: que tal fazer um estudo de caso?

“Comoassimestudodecaso?”, foi o que eu pensei. Mas o professor já vinha com a faca e o queijo na mão, e me sugeriu que analisasse o site Cronópios. De cara eu já achei uma ótima idéia.

Não que eu acessasse o site com assiduidade, mas já havia cruzado com ele em minhas andanças internéticas. Para quem não conhece, o Cronópios é um site dedicado à literatura, que se propõe a discuti-la através de ensaios críticos e da publicação de prosa e poesia.

Seria muito parecido com muitas iniciativas que temos por aí, mas o que faz com que o Cronópios se destaque é a presença de grandes nomes da literatura e do seu estudo, lado a lado com completos desconhecidos e não-canônicos escritores.

O mais interessante, a meu ver, é que o site Cronópios contempla grande parte das discussões que gostaria de levantar, como ‘porque publicar online é menos do que publicar em livro impresso?’,  ‘porque poetas concretistas adoram a web?’, ‘qual a grande vantagem da internet frente ao livro comum?’ e até mesmo se a literatura está presa ao suporte do livro ou se pode crescer e se desenvolver independente dele.

Enfim, são tantas perguntas e questões que não caberiam em um estudo com afinco sobre a literatura digital, que precisaria elencar conceitos literários e partir de pontos e princípios para se desenvolver. No entanto, ao analisar o caso do site Cronópios, eu tenho a possibilidade de gerar um grande material que tente responder a essas questões – e, penso eu, muitos deles podem ser feitos de forma multimídia, como video-entrevistas, que poderiam ser publicadas online, ao alcance de diversos usuários.

Esse é o novo rumo, e eu espero que os resultados possam ser benéficos e proveitosos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: